segunda-feira, 29 de setembro de 2008

"Não pense, apenas sinta"


Pensamentos em excesso são tóxicos psicológicos! Principalmente quando adentram os vagões psíquicos que levam as regiões distantes da representação, inteligência e imaginação.
Se deixarmos ligada, a máquina do pensar não para, fica contínua, e pior, a nenhum concenso chega. A cabeça transforma-se num trem velho, empacado em lugares escuros, repleto de teias de aranhas, com um passageiro cheio de angústias e ansiedades: VOCÊ, EU. Um mundo repleto de neuroses, paranóias, idéias fixas, delírios.
"Não pense demais, apenas sinta" foi um conselho que escutei um tempo atrás.
Isso envolve trocar toda a filosofia da solução por copos de cervejas (ou quem sabe um guaraná ou bolas de sorvetes) numa tarde de domingo e a vida pode ficar mais engraçada e simples. Dependendo da amizade as piadas e risadas podem ser até um tanto "letais", com algumas pitadas de ética no pestico, isso é bom, apimenta a vida. Quando tocar, olhar, falar, o melhor é não problematizar tanto!
Queria muito encontrar a tal verdade dos questionamentos, mas ela não existe (a cada resposta, mil novas perguntas).

2 comentários:

Miss. Tério disse...

Não pense, apenas sinta!
Sinta o quanto cada dia tem um significado mais bonito quando andamos lado a lado com o amor!!!!
Adorei o texto!

Mi borim disse...

adoreiii!