quarta-feira, 27 de maio de 2009



Jogue o óbvio fora.
Quebre a droga da rotina.
Não espantem-se com os gritos ansiosos de liberdade.
Ainda bem que existem os dias de loucura. Do impensado.
Lance o óbvio no primeiro latão que encontrar.
Bye Bye!!!

3 comentários:

Plínio Gomes disse...

Li esses dias algo como: a liberdade anda junto com a felicidade. Acho que se encaixa bem com isso. Afinal, apesar da Eliza Lucinda dizer "não falem mal da rotina" - podemos dizer que acabamos ficando muito fáceis de se decifrar... risos
Abraço perfumado

Miss. Tério disse...

Jogamos sempre fora! E assim vivemos mais leves e mais nós mesmos!
Beijos. Perfumados?! kkkkk

Encosto de Bette Davis: disse...

Joguei tudo óbvio fora, coloquei na lata de lixo e queimei pra não correr risco de ninguém nem eu mesma, querer reciclar...